Axial

Axial

  • Informações da Banda

    Axial

    Axial

    O Projeto Axial é a assinatura dos trabalhos do produtor Felipe Julián e da cantora Sandra Ximenez. Desde sua origem em 2003 usam a tecnologia como instrumento na produção de um som de fácil apreciação mas de difícil definição: trip hop, eletro rock, MPB, world music são tags que ajudam mas não terminam de definir esse som hiper sensorial das performances da dupla.

    À frente deste emaranhado textural a "suave e experiente" voz de Sandra Ximenez, cantora com longa trajetoria de pesquisa na música tradicional brasileira. Sandra, junto a seu outro projeto musical o grupo A Barca, percorreu o Brasil diversas vezes para interagir com músicos tradicionais populares e apreender as sutilezas do fazer musical brasileiro.
    Do repertório e experiências colhidas nessas viagens surgiu a inquietação de criar uma nova música a partir das antigas tradições. O resultado disto são três discos lançados e muito bem recebidos pela crítica independente e especializada.
    O Projeto Axial desde seu primeiro álbum utiliza a Internet
    como principal plataforma de distribuição de seu conteúdo. É reconhecido como um dos precursores no uso do Creative Commons no Brasil. Em 2011 lançou um software próprio para distribuição de música digital chamado Bagagem. Muito comentado na mídia e nos blogs musicais, o software atingiu em alguns meses mais de 30 paises por efeito viral. Nesse aplicativo o Projeto Axial passou também a distribuir outros artistas da cena independente brasileira. www.axial.net.br

    " Adoro o trabalho de vocês. são, certamente, os melhores do gênero no país, ou quem sabe do mundo (pois quem faz trabalho tão elaborado assim?). "

    " Assisti o show de vocês em suzano na 5º mostra de referencias teatrais... Me encantei e agora não consigo parar de ouvir!! "

    " Adorei muito o show de vocês... Parabéns e sucesso eternamente!! Abraços do sul para vcs. continuem trabalhando com música, por favor. "

    " uauaua....olha, isso é de um nível que me deixa orgulhoso... encanta-me...com certeza. Um diferencial..."encanta-nos" minuto...péra...deixa continuar ouvindo-os... ....Almam-me "

    " Vi a apresentação transmitida pela TV Cultura e fiquei realmente impressionado pelo vosso trabalho. Tornei-me fã! "

    " Exuberante, magnífico o som de vocês. Cada junção (e disjunção) fascinante. "

    " Parabéns pelo trabalho, é de extremo bom gosto! "

    " Fico feliz em ver a música brasileira nesse nivel e a cultura afro sendo tão bem desenvolvida. Arrepio na pele! "

    " Umas das melhores bandas que eu recebi nos ultimos anos mais do que perfeita. "


    Estas frases foram extraídas do guestbook do site do Projeto Axial: www.axialvirtual.com


    Integrantes:
    Sandra Ximenez - vocais, teclados, acordeon
    Felipe Julian - eletrônicos, baixos, teclados
    Arnaldo Nardo - Bateria
    Rodrigo Bragança - Guitarra

    Downloads: Mapa do Palco Rider

    Telefone: 11 85785435
    E-mail: felipejuliang@gmail.com

    Origem: São Paulo - sp (Brasil)

    Residência: São Paulo - sp (Brasil)

    Estilo
    eletroorgânico eletrônico rock mpb roots experimental eletroacústico trip hop etnico world inexplicável

    Redes Sociais

  • Twitter do Axial

  • Informações da banda

    Axial

    Axial

    Telefone: 11 85785435
    E-mail: felipejuliang@gmail.com

    Redes Sociais

  • Bagagem do Projeto Axial no Estadão

    A SOLUÇÃO DOS MÜSICOS

    Matéria publicada no Caderno Link do Estadão em 17/abri/2011

    É muito fácil publicar na internet. Um músico, por exemplo, pode liberar seu trabalho para download e deixar que os fãs digam quanto querem pagar pelo álbum, pode não cobrar, pode taxar cada música, pode usar sites 2.0 como YouTube, MySpace e Last.fm. Opções não faltam.

    —-

    Mas e quando nada disso satisfaz? Foi o que aconteceu com Felipe Julián, baixista do Projeto Axial, banda que ainda conta com sua mulher Sandra Ximenes (vocal e teclado) e Leonardo Muniz (sax), quando decidiu criar um novo jeito de distribuir música online. Julián já usa a internet para a divulgação de seu trabalho há tempos e, habituado aos eletrônicos – “também toco computador”, brinca –, resolveu arquitetar um programa, desenhar uma interface e arranjar um amigo programador que topasse entrar no projeto por um preço camarada. Agora, os dois notebooks e o tablet que se misturavam aos demais instrumentos da banda no segundo andar da casa do casal servem também para acompanhar como anda sua nova obra: o Bagagem.

    Gratuito, o Bagagem é a plataforma que o Projeto Axial criou para lançar seu último álbum, Simbiose, e obras inéditas de músicos parceiros. Uma vez baixado no computador, o software (leia ao lado) funciona como player e aplicativo de download para as músicas já cadastradas. Até agora, os álbuns do Axial e de Chico Corrêa já estão no ar. Os próximos lançamentos são de Juçara Marçal, Kiko Dinucci e do grupo Embolex. O software pode ser baixado no site do grupo www.axialvirtual.com.

    Felipe conta que desenvolveu essa solução para resolver falhas que percebia enquanto músico e tentar sanar os problemas enfrentados pelos usuários. Do lado do músico, está o excesso de controle que os sites publicadores exercem sobre a criação e a dificuldade de enviar gratuitamente pela internet um produto coeso. Do lado dos usuários, “percebi que muitos sentem falta do objeto CD, que, uma vez comprado, é a obra tal como foi concebida e organizada pela banda, com a ordem das músicas, os desenhos do encarte, as informações de cada faixa”.



    No Bagagem, cada faixa vem com um vídeo ou uma ilustração escolhida pelo artista. “Essa é a geração YouTube. Para ela, a visualização da música é importante. Aproveitei que estava lançando um aplicativo, onde posso acrescentar funções, para colocar algo a mais que faça sentido com a música. Não é um trecho de show ou um videoclipe, é uma outra coisa, nova”, explica.

    Mais do que um player ou um lançador de músicas, Bagagem é também o nome do coletivo de artistas que se articula em torno do software e da proposta. Os músicos que vão lançar álbuns pelo aplicativo funcionam como “uma cooperativa de artistas”, nas palavras de Felipe. Para entrar, é preciso se comprometer a ajudar o projeto, divulgá-lo, lançar músicas pelo programa, trabalhar por sua melhoria. “Eu acredito na autogestão da carreira musical e os coletivos são uma forma de se organizar”, diz.

    E esse projeto pode gerar renda no futuro? Felipe escolhe bem as palavras: “Indiretamente, por meio da construção de um público que frequente shows e, talvez, pela captação de recursos através de parcerias ou patrocínios”. Ele não cogita vender músicas. “Realmente acredito e estou trabalhando em um modelo de distribuição gratuita.”

    Ainda com a ideia de coletivos em mente, Felipe, que também é professor universitário, quer promover o encontro entre músicos e pessoas que lidam com software livre pois crê que daí podem surgir boas colaborações. “O que eu gostaria com esse encontro é que a classe musical se politizasse e se animasse a criar novos modelos de distribuição de música menos dependentes de intermediários.”
  • Fotos

    axial.jpg axial-pinacoteca-med.jpg axial-ai.jpg 624639-7472-ga.jpg 1783984848_d39cf93f65.jpg projetoaxial_rj_f_007.jpg projetoaxial_rj_f_005.jpg 247455_10150251926828383_639613382_8778942_5272168_n.jpg dsc03194.JPG dsc03194.JPG dsc03211.JPG img_8667b-peq-200dpi-b-4e29c68b80cd5.jpg img_8673b-4e29cae6b88fa.jpg axial-5-web-4fd0b9c578f52.jpg axial-14-web-4fd0b9e044f82.jpg img_0043-4fd0ba066e6d5.JPG 6987957752_284125de29_o-4fd0d855a7298.jpg 7134209225_2bd51de57b_o-4fd0d886e1b6f.jpg 6987959246_cbd5d49af3_b-4fd0d8b18f38f.jpg 7134224691_a56b3e371b_b-4fd0da04b5340.jpg 7134044271_a1bc7d621f_b-4fd0da28db050.jpg img_1896-4fd0daa00bff1.JPG 550486_428482300509486_1579690716_n-4fd0db9d545e7.jpg 306252_428482483842801_2042521616_n-4fd0dbb8cf11d.jpg 601368_428482530509463_1346754456_n-4fd0dbd3076de.jpg
  • Músicas

  • Bagagem

    O Projeto Axial é o criador do aplicativo Bagagem. Um software de distribuição musical gratuíta que inclúi, além do próprio Axial, outros trabalhos importantes no cenário independente como Kiko Dinucci,, Juçara Marçal, Embolex, Chico Correa.

    Veja adiante uma matéria publicada no ESTROMBO e republicada no MOD.Mtv acerca desta iniciativa.

    REPOST | Bagagem: Novo canal de distribuição



    Hoje, um dos maiores problemas enfrentados pelos músicos é como fazer circular sua produção. Explorando possibilidades trazidas com a tecnologia digital e indo além dos sites de redes sociais mais populares, o Projeto Axial desenvolveu seu próprio canal de distribuição: o aplicativo Bagagem.
    O Axial é formado pelo trio Felipe Julián, Sandra Ximenes e Leonardo Muniz e, musicalmente, explora sonoridades variadas a partir de elementos eletrônicos. Defensores da cultura livre, suas músicas são licenciadas em Creative Commons, e já tocaram em palcos importantes no Brasil e fora do país.
    Desenvolvido em parceria com um amigo programador, o software pode ser facilmente instalado em qualquer computador. O aplicativo devolve à música digital a visualidade do álbum ?físico?, com imagens escolhidas pelos próprios artistas para acompanhar a execução das faixas, e traz informações relevantes, como a ficha técnica, o encarte, além de estar integrado com redes sociais como Twitter e Facebook.
    A versão beta do Bagagem foi lançada em novembro de 2010 e baixada mais de mil vezes em menos de um mês. Hoje, o aplicativo já está na sua versão 2.0 e disponibiliza também álbuns de outros artistas que aderiram à ideia.
    Refletindo o engajamento necessário nesse momento de profundas transformações no mercado musical, o Axial organizou o ?Bagagem Ao Vivo? que levou para o SESC Pinheiros, entre os dias 18 e 21 de maio, painéis de debate em torno dos temas: circulação de produtos culturais, liberdade intelectual, liberdade de apropriação, redes colaborativas, novas tecnologias, autogestão de carreira e direito autoral. O ?Bagagem Ao Vivo? encerrou-se no dia 22 com um show, onde o coletivo Bagagem foi oficialmente lançado.
    Sobre esse evento, em entrevista para o Link, Felipe Julián diz: ?o que eu gostaria com esse encontro é que a classe musical se politizasse e se animasse a criar novos modelos de distribuição de música menos dependentes de intermediários?.
    __________________________
  • AGENDA

    RSS Show Schedule for Axial
    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.